Se você quer fazer uma dieta para emagrecer rápido (14 dias), com certeza que já ouviu falar da dieta da USP. A dieta da USP promete uma perda de 14 kg em 14 dias. Existem várias versões da dieta e ainda mais mitos acerca dela… Um dos mitos é sobre a origem da dieta; ao contrário do que muitos dizem a dieta USP não tem nada com a Universidade de São Paulo.

Alguns testemunhos afirmam perdas de peso de 14 quilos em duas semanas. Apesar de este número ser muito exagerado é possível perder cerca de 7 a 10 kg em duas semanas com esta dieta – mas não é o peso que deseja. A dieta da USP é uma dieta restritiva, com poucos carboidratos e calorias. Prepare-se, se gosta de comer, vai passar sem os seus alimentos favoritos e sofrer um pouco. Esta dieta não é das mais fáceis de seguir, pois são 2 semanas de esforço intensivo.

É importante perceber que esta dieta vai fazer perder peso e emagrecer – mas infelizmente não vai perder só gordura (numa dieta você deve perder massa gorda, minimizando a perda de água e de massa muscular). Esta perda de peso vai ser uma perda de gordura, perda de músculo e perda de água. Nem tudo é queima de gordura e depois de acabar esta dieta vai volta a ganhar peso em água, músculo e gordura.

A dieta da USP é considerada uma dieta de emergência para quem quer perder alguns quilos antes de um evento importante (casamento, aniversário, etc). Se quiser perder 5 quilos em 1 semana para ir a uma festa, ou se quiser perder 10 quilos em duas semanas para ir a um casamento pode experimentar esta dieta. Muitas pessoas tem curiosidade em começar uma dieta restritiva com poucos carboidratos, mas têm medo de possíveis efeitos secundários.

Perder 10 Quilos com a Dieta da USP?

Na internet existem muitos relatos de pessoas a perder peso com a dieta da USP, mas será que estes testemunhos são reais? É possível perder 7, 10 ou 14 quilos com a dieta da USP? Emagrecer 14 quilos em duas semanas é muito difícil e com a dieta da USP é quase impossível. Esta dieta tem vários problemas: o cardápio é pouco saudável e as regras da dieta podem ser mal interpretadas. A má interpretação das regras leva a uma taxa de insucesso elevada devido à ingestão calórica excessiva e a ingestão de alimentos pouco saudáveis.

Para perder peso é necessária uma alimentação saudável com um déficit calórico. A dieta da USP não tem um cardápio saudável nem garante o déficit calórico.

Infelizmente existem muitos sites e artigos em revistas a falar de resultados milagrosos de perdas de 14 quilos em duas semanas – resultados irreais. É difícil acreditar neste tipo de relatos sem qualquer fundamento, especialmente com a quantidade de reclamações que podemos ver nos comentários deste artigo.

Além da estimativa da quantidade de peso perdido ser exagerada, esta dieta leva à perda de peso de massa muscular e de água – esta perda de peso não é de gordura, mas continuam a ser relatados como uma perda de peso.

A Dieta da USP É Saudável?

Uma dieta restritiva deste tipo pode dar problemas para pessoas com certas doenças, especialmente se estiver a tomar medicação para algum tipo de problema de saúde. Muitas vezes os efeitos secundários não são graves mas deve sempre falar com o seu médico antes de fazer uma dieta radical como esta. O médico tem de ver o seu progresso e potenciais mudanças nas dosagens da medicação.

Um efeito muito comum da dieta da USP é a diminuição dos níveis de açúcar e glicemia no sangue. Isto é importante para pessoas diabéticas, especialmente as que necessitam de insulina ou medicação. Como as dietas de poucos carboidratos causam mudanças no açúcar no sangue é importante falar com o médico antes de fazer uma dieta para emagrecer deste tipo.

O efeito principal da dieta da USP é o emagrecimento. Tecnicamente isto não é um efeito secundário, mas os efeitos relacionados com a perda de peso incluem a regulação da pressão sanguínea, melhoramento ou desaparecimento de problemas digestivos e melhoramento de problemas respiratórios.

Se estiver a tomar medicação para a hipertensão ou pressão alta, um efeito da dieta da USP é a diminuição da pressão arterial. Assim deve consultar o seu médico para rever a quantidade ou a necessidade de medicação. O mesmo se aplica a problemas digestivos e intestinais, se sentir diferença no melhoramento e desaparecimento dos sintomas o seu médico deve fazer um diagnostico novo.

Outros efeitos da dieta da USP inclui a diminuição do apetite para açúcares e doces, mais energia, menos inchaço da barriga e menos gases, o seu estômago vai estar melhor, níveis de açúcar no sangue mais saudáveis, menos pressão sanguínea, menos retenção de líquidos e diminuição da percentagem de gordura corporal.

Existem alguns efeitos secundários que não são perigosos, mas podem ser inconvenientes. Estas dietas restritivas como a dieta da USP, na primeira semana pode sentir dores de cabeça, náuseas, tonturas, falta de força e cansaço, fácil irritabilidade e azia.

Há também um conjunto de efeitos que são específicos para as mulheres. Na primeira semana da dieta da USP pode ter mudanças no ciclo menstrual. Este efeito é causado pelo ajustamento do organismo a um novo estilo de alimentação. Os efeitos positivos da dieta da USP vêm depois, a menstruação é menor e vai ter menos dores e diminuição de outros problemas enquanto está a fazer uma dieta com poucos carboidratos.

Estes efeitos secundários são fáceis de reduzir se beber água suficiente e estiver bem hidratada e dormir bem. Em casos raros estes efeitos secundários iniciais podem durar até 10 dias, mas normalmente duram entre 5 a 7 dias.

Cardápio da Dieta da USP

Aqui está a receita e cardápio para a dieta da USP. Esta dieta tem um ciclo semanal que deve ser feito duas vezes. No 15º quinto dia os dietistas voltam aos seus hábitos normais e é isso que diferencia quem mantém o seu peso novo de quem volta a ganhar o peso ou fica ainda mais gorda.

ATENÇÃO: Não recomendamos esta dieta. Conheça algumas das nossas dietas recomendadas como a dieta da proteína, dieta paleolítica e a dieta do carboidrato. Se seguir a dieta da USP veja as nossas sugestões no fim do cardápio.

Dia 1

Manhã: Café preto sem açúcar, com adoçante

Almoço: 2 ovos cozidos e ervas a desejar

Jantar: Salada de alface com pepino e salsão à vontade

Dia 2

Manhã: Café com bolacha cream-crakers

Almoço: 1 bife grande com salada de frutas a gosto

Jantar: Presunto à vontade

Dia 3

Manhã: Café com bolacha cream-crakers

Almoço: 2 ovos cozidos, salada de vagem e 2 torradas

Jantar: presunto e salada

Dia 4

Manhã: Café com biscoito

Almoço: 1 ovo cozido, 1 cenoura e queijo minas à vontade

Jantar: Salada de frutas e iogurte natural

Dia 5

Manhã: Cenoura crua espremida com limão e café preto

Almoço: Frango grelhado à vontade

Jantar: 2 ovos cozidos com cenoura

Dia 6

Manhã: Café com biscoito

Almoço: Filé de peixe com tomate à vontade

Jantar: 2 ovos cozidos com cenoura

Dia 7

Manhã: Café com limão

Almoço: Bife grelhado e frutas à vontade

Jantar: Comer o que quiser, mas evite doces e bebidas alcoólicas

 

As ervas permitidas são o agrião, chicória e a alface. Pode beber água, café e chá o sempre que quiser.

O Que Não Fazer

  • Comer refeições extras que não estão no cardápio
  • Beber refrigerantes ou suco de fruta (natural ou embalado)

Depois de completar esta série deve recomeçar do primeiro dia. Quando chegar ao 15º dia acaba a dieta, mas deve melhorar os seus hábitos alimentares para não voltar a ganhar o peso. Se você continuar a com os seus hábitos antigos vai engordar novamente.

Durante a dieta da USP não deve trocar alimentos de dia e não deve trocar a ordem dos dias. A dieta da USP tem o objetivo de acelerar o metabolismo e queimar gordura. Para a dieta funcionar deve seguir o plano com exatidão caso contrário não funciona. Existem muitas dietas para emagrecer por onde escolher.

Se quiser ter melhores resultados com a dieta da USP deve evitar comer frutas com um índice glicêmico alto. Comer fruta trava o emagrecimento devido à frutose (mesmo pequenas quantidades são prejudiciais) e devido à elevada quantidade de glicose.

A dieta USP não é uma dieta fácil, pois são duas semanas com um plano alimentar muito restritas e a maioria das pessoas com excesso de peso não conseguem fazer uma dieta tão radical. Se não sente confiança para fazer a dieta da USP comece com uma dieta mais fácil como a dieta da sopa, que também dá resultados rápidos, mas tem a duração de uma semana em vez das duas da dieta da USP.